quarta-feira, 24 de novembro de 2010

AGRIPINO VOLTA A TRIBUNA DO SENADO


Agripino propõe reformas e garante relação “civilizada” com o Planalto
Exiba AGRIPINO ...jpg na apresentação de slides
Em seu primeiro discurso após a volta para o Senado – depois de sair de licença para sua campanha à reeleição -, o líder do Democratas José Agripino (RN) disse que vai propor aos partidos de oposição a formulação de uma agenda de compromissos para a nova legislatura. Segundo o parlamentar, o país não pode mais esperar por importantes temas, como a aprovação das reformas política e tributária.
“A oposição precisa elaborar uma elenco de providências, uma agenda de compromissos com a educação, saúde, meio ambiente, de todos os fatos que interferem no dia a dia das pessoas”.
Eleito pela quarta vez para o Senado com mais de 950 mil votos, o senador garantiu que vai continuar exercendo oposição ao governo do PT, mantendo uma relação “civilizada e republicana” com o Palácio do Planalto.
“Vamos pautar nossa relação com o governo federal com diálogo maduro, espírito público e transparente. Quem ganha, governa, cumpre compromissos; quem não ganha desempenha o importantíssimo papel de fiscalizar os atos do governo. E é isso que meu partido vai fazer. Cumprir papel diferente é enganar o eleitor”.
José Agripino contou que o Democratas quer e vai estabelecer uma relação de diálogo com o governo da presidente Dilma Rousseff, mas já avisou que o partido não apoiará qualquer tentativa de censura da imprensa no Brasil e de aumento de impostos para o bolso do cidadão. “Não vamos votar contra o governo, ele terá nosso voto, mas também nossa vigilância. Na hora em que a liberdade de imprensa estiver sendo comprometida e o governo quiser aumentar a carga tributária para obter o equilíbrio fiscal, vão nos encontrar pela frente, em nome do interesse coletivo”.
A CAMPANHA ESTADUAL
Em relação a sua campanha para a reeleição ao Senado, Agripino contou que enfrentou momentos difíceis, como o fato de o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva fazer campanha contrária à reeleição do líder do DEM pelo Rio Grande do Norte. “Por ser um líder de oposição, enfrentei uma campanha dura, com interferência externa do Palácio do Planalto. Até telemarketing o presidente Lula fez pedindo votos contrários a mim. Mas o povo do RN, a quem aplaudo de pé, votou em quem quis e não em quem sugeriram que ele votasse”.
O discurso do líder dos Democratas foi aparteado diversas vezes, entre elas pelo líder do governo, Romero Jucá, que elogiou a postura do parlamentar potiguar e também parabenizou pela vitória expressiva.
“A campanha aguerrida do Rio Grande do Norte fez o Brasil olhar para o seu estado. Além de parabenizá-lo quero registrar aqui a forma respeitosa e contributiva com que V. Ex ª faz oposição, deu grandes contribuições ao país por meio do seu mandato”, disse em plenário Jucá.
José Agripino foi eleito na aliança que fez com a senadora Rosalba Ciarlni – eleita governadora do RN – e com o senador Garibaldi Alves (RN) - também foi reeleito para a Casa. “Eu agradeço ao meu povo do RN e garanto que aqui, nesta Casa, eu e o senador Garibaldi vamos lutar juntos pelos interesses do nosso estado, sempre ao lado da governadora do Rosalba Ciarlini”. Ass.

PUBLICIDADE - MASSAS SANTA RITA

INDUSTRIA DE MASSAS SANTA RITA LTDA. Rua projetada s/n. Rodovia RN 288 KM 06 Tel: (084) 3479 2481 Carnaúba dos Dantas-RN. Org: Denilson Alves.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores