quinta-feira, 18 de novembro de 2010

AGU vai recorrer novamente de decisão da justiça do Ceará

A Advocacia-Geral da União informa que vai recorrer da nova liminar concedida pela juíza Karla de Almeida Miranda Maia, da 7ª. Vara da Justiça Federal do Ceará. 

A AGU entende que as providências adotadas pelo Ministério da Educação no sentido de permitir aos alunos eventualmente prejudicados que requeiram a correção invertida, através de requerimento eletrônico disponível no sítio do Inep, e a possibilidade de nova prova para quem não teve o caderno de questões amarelo com falhas de impressão substituído pelos fiscais, é a medida mais justa para assegurar o direito aos alunos prejudicados, sem prejuízo daqueles que fizeram a prova regularmente, ou da apuração de outras ocorrências registradas em ata. Assessoria de Comunicação Social

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores