quinta-feira, 26 de abril de 2012

Aeródromos de Pau dos Ferros e Caicó vão operar normalmente

image Até o dia 15 de maio, o aeródromo de Pau dos Ferros poderá ter voos durante o dia e  a noite. A previsão para que os aviões possam pousar e decolar a qualquer hora foi feita pelo ministro da Aviação Civil, Wagner Bittencourt, esperando que até lá, sejam feitos pequenos ajustes, dentro da legislação vigente.

Outro aeródromo que poderá funcionar normalmente é o de Caicó, que, inclusive, já está homologado pela Agência Nacional de Aviação (ANAC). Além de atender ao pedido feito pela governadora para que esses campos possam operar, o ministro Wagner Bittencourt adiantou que os aeródromos do RN deverão ser incluídos no programa de voos regionais que está sendo elaborado pelo governo federal. Embora não tenha dito como- ate porque o programa ainda se encontra na esfera técnica e não foi validado pela presidente Dilma- o ministro disse acreditar que o Estado vai ser beneficiado. “O RN é um Estado que precisa de investimentos”, reconheceu o ministro, acrescentando que os voos são fundamentais para o desenvolvimento regional.

A governadora que estava acompanhada da secretária de Infraestrutura, Kátia Pinto, saiu da audiência satisfeita com a receptividade do ministro. “Estamos saindo com a boa noticia de que os aeródromos de Pau dos Ferros e Caicó não vão ter restrições para voos normais”, declarou Rosalba que também tratou do aeroporto Dix-sept Rosado de Mossoró. A governadora contou sobre a audiência com o ministro da Aeronáutica, Juniti Saito, e disse que a recomendação para que sejam retirados alguns obstáculos será cumprida. E reafirmou que o governo concorda com a construção de outro aeroporto em Mossoró. “Como esse aeroporto não fica pronto antes de três anos, precisamos que o atual continue funcionando, com as adequações que garantam a segurança dos voos”, afirmou a governadora, insistindo que a construção civil não pode ser penalizada. “Ministro, a cidade precisa que a construção civil não sofra nenhum embargo. As restrições estão provocando dezenas de demissões. Assim, o crescimento imobiliário fica emperrado e ainda enfrentamos onda de demissão no setor que emprega a maior mao- de- obra de Mossoró e região”, argumentou.

A secretaria Kátia Pinto informou que na próxima semana começam os serviços de recapeamento da pista do aeródromo de Caicó, bem como a sinalização necessária exigida pelo comando da aeronáutica.

image Governo espera liberação de emendas para municípios que enfrentam seca

A governadora Rosalba Ciarlini procurou a ministra das Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, nesta quarta-feira, 25, para pedir apoio ao esforço do governo e dos líderes de bancada para o enfrentamento da seca no Rio Grande do Norte. O principal ponto é a liberação das emendas ao Orçamento Geral da União (OGU).

Com 139 municípios em estado de emergência, o governo espera que as indicações de senadores e deputados ao OGU sejam atendidas. Com as obras que receberem dotações, haveria aproveitamento de trabalhadores rurais que tiveram as safras frustradas. Seria uma espécie de compensação para mitigar o sofrimento provocado pela falta de chuvas. “Os reflexos da estiagem já chegaram à zona urbana. Existem municípios com colapso no abastecimento d’água”, adiantou a governadora.

No próximo mês, o governo vai autorizar a retomada das obras da adutora alto oeste que beneficiará 23 municípios da região. Até lá, o fornecimento de água vai ser feito por carros pipa. Já estão sendo assistidos dessa forma, 74 municípios potiguares. Com o programa emergencial lançado pela presidente Dilma na reunião dos governadores do Nordeste, em Aracaju (Se), o governo espera reforçar a assistência através de caminhões pipa e que sejam perfurados e equiapados poços e construídas barragens subterrâneas. O governo do RN solicitou a mecanizaçao de 820 poços e construçao de duas mil barragens.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores